AIKIDARA


A Banda Akidara (ioruba significa coragem agradável de um povo), situada no Conjunto Mussurunga 1, setor C, s/n – Mussurunga, foi formada em 2002 por 6 músicos moradores do bairro que encontraram na musica um meio para a transformação da realidade social. Para isso, passaram a realizar atividades culturais no bairro com o desejo de proporcionar um espaço de diversão e lazer para os moradores nos fins de semana.

Hoje a Banda possui 7 integrantes fixos e quando realizam shows maiores, contratam o serviço de músicos do bairro de Mussurunga e entorno. Já têm um nome consolidado no mercado e realiza diversas apresentações a exemplo do projeto “Segunda Cultural no Centro”, ação que leva mensalmente atrações culturais para Mussurunga de forma gratuita e ajuda também a fortalecer grupos locais, criando uma agenda cultural no bairro e entorno. Além de promover a cultura local em outros espaços sociais a exemplo do projeto “Pelourinho Cultural”, onde o grupo já teve oportunidade de realizar diversas apresentações.

Durante vários anos, vem participando das comemorações do dia da Consciência negra em varias cidades da Bahia, a exemplo da cidade de Camaçari, onde em 2014 foi uma das atrações principais do evento.

A partir das ações realizadas pelos músicos da banda, outros músicos e pessoas envolvidas nas áreas cultural e social resolveram se unir para promover ações mais significativas no bairro, foi quando resolveram fundar a Associação Cultural Akidara.

Visando auxiliar na transformação social do bairro, no ano de 2006 os membros da banda Akidara e outros moradores envolvidos na área cultural e social, fundaram a Associação Cultural Akidara. Associação tem como objetivo desenvolver atividades culturais e sociais que auxiliem no fortalecimento da cidadania, identidade cultural e empoderamento da comunidade local.

A sede do grupo fica situada Conjunto Mussurunga 1, setor C, numa sala cedida pelo Centro Social urbano do bairro de Mussurunga. Nesse espaço também funciona um ponto de cultura, o que vem possibilitando ampliar ainda mais as ações da Associação. As principais atividades desenvolvidas pela Associação Akidara são:

·         Formação musical (percussão), muitos músicos formados já estão inseridos do mercado cultural do Brasil;

·         Realização de oficinas que abordam desde os temas gênero, raça, ate questões pertinentes à inserção dos jovens no mercado de trabalho e cuidados com a saúde;

·         Promoção da cidadania, através do balcão da justiça;

·         Realização de cursos de informática;

·         Realização de aulas de dança para jovens e adultos, dentre outras.

A associação conta com 12 membros que se revezam na gestão e realização das atividades, sempre firmando parcerias com faculdades e demais grupos do bairro e entorno. As ações empreendidas são baseadas nos princípios da economia solidaria, como a autogestão, valorização do saber local, justiça social e cooperação.

Nesse momento, a associação vem enfrentando problemas decorrentes da não prestação adequada das contas, o que ocasionou em debito e impossibilidade de submeter projetos usando o CNPJ da mesma. Os técnicos jurídico e contábil do Cesol 3 Barra, receberam representantes do grupo e realizaram uma minuciosa explicação sobre a situação dos débitos da associação e os orientaram a realizar os pagamentos devidos. Essa é uma das principais demandas da Associação e constará no plano de ação.

Visando auxiliar a Associação Cultural Akidara, a Banda Akidara resolveu criar um fundo solidário com o objetivo de auxiliar nos pagamentos dos débitos da Associação Akidara, nesse primeiro momento, e, que também possibilite a manutenção das atividades da associação, além de propiciar a realização de ações que estão previstas e que ainda não puderam efetivar.

 “Desde 1993, no Brasil, o Fundo Rotativo Solidário (FRS) é como uma poupança comunitária gerida coletivamente para fortalecer as iniciativas urbanas e rurais. Essa poupança é formada por meio da doação voluntária de recursos por cada membro participante do fundo, ou ainda, pode ser constituída a partir de ações e recursos externos, destinada à comunidade.”







CONHEÇA TAMBÉM